Meus videos

Loading...

segunda-feira, 26 de dezembro de 2011

AS IGREJAS QUE A BIBLIA CONDENA ESTA NA MODA

AS IGREJAS QUE A BIBLIA CONDENA ESTA NA മൊട

'E'LES DIZEM QUE PODE E A BIBLIA DIZ QUE NÃO, É SÓ QUESTÃO DE INTERPRETAÇÃO DE TEXTO?!"É notória a força e rapidez com que as chamadas igrejas inclusivas – que visam atender o grupo LGBTs – vêem crescendo cada vez mais no Brasil. Hoje dentre umas as mais destacadas estão a ‘Igreja para Todos’ , ‘Igreja Cristã Metropolitana’, ‘Comunidade Cidade Refúgio’ fundada por Lanna Holder , ‘Igreja Contemporânea Cristã’ por Marcos Gladstone e a ‘Comunidade Cristã Nova Esperança"...

Charleston Scarparo


Lanna Holder voltou ao noticiário gospel e secular, mais uma vez, para estarrecer os evangélicos que se regozijaram com o seu testemunho de libertação

Ex Missionaria Lanna Holder
Lanna Holder voltou ao noticiário gospel e secular, mais uma vez, para estarrecer os evangélicos que se regozijaram com o seu testemunho de libertação do lesbianismo na década de 90. Em 2002, ela já foi alvo de polêmica ao ter uma recaída – envolveu-se com uma mulher do grupo de louvor de uma igreja nos EUA, ambas eram casadas. Agora, quase dez anos depois, Lanna volta à cena “sem máscaras”, com uma iniciativa e um discurso que escandaliza quem a viu pregar: ela assumiu publicamente o seu relacionamento com a pastora Rosania Rocha – com quem havia se envolvido nos Estados Unidos -, abriu uma igreja em São Paulo, na qual afirma que homossexualidade não é pecado, e admite que o seu testemunho era enganoso até para ela mesma. “Quando me converti, aprendi que a homossexualidade era uma possessão demoníaca. Isso sempre foi uma luta pessoal, eu não entendia porque, mesmo selada pelo Espírito Santo e abençoada com o dom da Palavra, eu continuava sentindo desejos homossexuais”.

Lanna desistiu de lutar contra os seus desejos e sentimentos e fundou uma igreja que ela chama de inclusiva, e não de “gays”. Trata-se da Comunidade Cidade de Refúgio, inaugurada em junho em um bairro central de São Paulo. a pregação é bem diferente daquelas que Lanna fazia quando era membro da Assembleia de Deus. Ele fala de libertação para prostitutas, drogados, alcoólatras, mas não para os homossexuais: “Com uma prostituta, alcoólatra ou drogado, iremos acolhê-lo, mas vamos tentar ajudá-lo a mudar a sua conduta de vida. Com o homossexual, entendemos que não é uma opção, mas sim uma orientação, que, na maioria dos casos, é irreversível, principalmente se for de nascença. Se eu pudesse escolher, jamais seria lésbica”.

Os defensores do Evangelho consideram essa posição uma heresia. Já para a ciência, ainda não há consenso sobre os fatores específicos que levam um indivíduo a tornar-se heterossexual, homossexual ou bissexual, incluindo possíveis efeitos biológicos, psicológicos ou sociais da orientação sexual dos pais. Ao lado da companheira, Lanna mostra firmeza ao defender a nova doutrina, alegando que está pregando o amor e que Deus não faz acepção de pessoas.
Ao referir a inexperiência de muitos ministérios ao tratar de sexualidade, ela acrescenta que o homossexual se diz discriminado pelos evangélicos e que eles se tornaram resistentes à Palavra de Deus. “Eles pensam: ‘Se Deus não me aceita, se vou para o inferno, então vou ‘zuar’ de vez’. É aí que se lançam na promiscuidade, nas drogas e na prostituição”, explica. No meio das discussões acaloradas sobre a PL 122 e kit gay, Lanna virou alvo da mídia como caso inusitado. Muito bem articulada, ela cita versículos bíblicos de Gênesis a Apocalipse que apontam a homossexualidade como pecado e faz uma interpretação diferente, buscando referências nos textos originais, escritos em grego, nas quais as palavras teriam um sentido diferente dos descritoshoje. Com base nessa releitura, ela argumenta que não há na Bíblia condenação para a homossexualidade: “Existe um contexto em que não posso retirar um texto para fazer um pretexto”.
“Homossexualidade na Bíblia é pecado, pode tentar, forçar, mas é pecado”
Um dos maiores articuladores dos protestos contra a PL 122, o pastor Silas Malafaia falou à reportagem da revista Exibir Gospel a respeito d a iniciativa de igrejas que se dizem evangélicas, mas defendem que a homossexualidade não é pecado. Em São Paulo, a novidade é a Igreja Comunidade de Refúgio, de Lanna Holder. No Rio de Janeiro, contudo, já existe a Igreja Contemporânea, que tem até filiais pelo Brasil. Tais instituições estão na contramão dos movimentos evangélicos, que pregam o que está escrito na Bíblia: que os homossexuais não herdarão o Reino dos Céus. “O apóstolo Paulo diz em I Co 6-9: ‘Não sabeis que os injustos não herdarão o reino de Deus? Não vos enganeis: nem impuros, nem idólatras, nem adúlteros, nem efeminados, ne m sodomitas’. Sodomitas, aqui, refere-se a homens que se envolvem em atos sexuais com outros homens ”, observou Malafaia, nos bastidores da Marcha para Jesus de São Paulo.

A nova doutrina das igrejas voltadas para homossexuais também ignora o Evangelho que liberta e transforma o homem, conforme aponta o pa stor, líder da Assembleia de Deus Vitória em Cristo. Apesar de seu discurso, ele enfatiza que os evangélicos não são homofóbicos, apenas defendem a Palavra de Deus: “Como qualquer organização, a igreja tem regras. O homossexual é bem recebido, mas ele não será membro, porque está no pecado”. Ainda em I Co 6, no versículo 11 o pastor cita: ‘E é o que alguns de vós têm sido (referência aos impuros, idólatras, sodomitas); mas haveis sido lavados, santificados, justificados em nome do Senhor Jesus pelo E spírito do nosso
Deus`. Então como é que a pessoa vem para a igreja e continua homossexual?”, questiona.

Sobre os argumentos de Lanna Holder, Malafaia diz que ela está “teologicamente errada e confusa”, porque Jesus ama todos, mas não consente que se continue no pecado. “À mulher adúltera ele disse ‘Vem, mas, agora, não peque mais’. O texto áureo da Bíblia fala do amor (João 3-16), mas os versículos 17 e 18 dizem: ‘Porque Deus enviou o seu Filho ao mundo, não para que condenasse o mundo, mas para que o mundo fos se salvo por ele’”, acrescenta.

O pastor acrescenta que a Bíblia fala de salvação e de condenação, de amor, misericórdia, mas também de justiça e juízo: “Homossexualidade na Bíblia é pecado, pode tentar, forçar, mas é pecado”. A respeito da afirmação de que se nasce homossexual, Malafaia fala como
psicólogo clínico, uma de suas formações: “Não existe ordem cromossômica homossexual. O cromossomo de um homem hetero é igual ao de um hom em homossexual, assim como o cromossomo da mulher hetero é como o da mulher homossexual. Homossexualidade é preferência, aprendida ou imposta, é comportamental”. O pastor reconhece, porém, que é necessário que as igrejas tenham uma atenção especial com os homossexuais. “Tem que ajudar, amar e integrá-lo. Muita gente não entende isso. No entanto, se quer ser membro, tem de se submeter às regras. Há salvação para o homossexual, bandido e até para os que se acham politicamente correto. Mas se não ac eitar a Cristo, não será transformado, não será perdoado e vai para o inferno. Isso vale para mim e para qualquer um”, conclui.

Read more: http://omovimentogospel.blogspot.com/2011/07/omg-news-missionaria-lanna-holder-e-sua.html#ixzz3mGDwRksM

Já para o pastor da assembléia de Deus Charleston Scarparo ele അഫിര്‍മ NA VERDADE LANA, VOÇE NUNCA FOI CONVERTIDA, MAS SIM CONVENCIDA , QUANDO VERDADEIRAMENTE TU TE CONVERTERES, CAIRA DE TEUS OLHOS AS ESCAMAS QUE A IMPEDEM DE CONHECER A VERDADE, ESCAMAS ESSAS QUE O deus DESSE SECULO COLOCA EM SEUS OLHOS. QUANTO A SUA IGREJA: PODE UM CEGO GUIAR OUTRO, CAIRÃO OS DOIS NO BURACO. SOMENTE JESUS É CAPAZ DE SALVAR DEFINITIVAMENTE AQUELES QUE POR MEIO DELE, SE APROXIMA DE DEUS. HB-7,25, ESTAREMOS ORANDO A DEUS PARA EU ELE TENHA MISERICORDIA DE VOÇE E TRAGA VOÇE AO VERDADEIRO CONHECIMENTO DA PALAVRA, QUE É JESUS CRISTO.Jesus disse que conhecereis a verdade e a verdade vos libertará, e disse tambem para aqueles que conheceram a sua palavra que não haveria mais desculpas para o pecado. voce conhece a palavra e sabe que Deus não está aprovando sua conduta, e ainda satiriza o nome dele quando satiriza uma igreja que prega em nome dele. lembra de Paulo?Saulo, Saulo, porque tu me persegues? voce não esta satirizando uma igreja mas sim o nome de Deus, mas voce sabe tambem que o que voce faz nao atinge a Ele, porque ele vai ser sempre maior que voce e tudo quanto voce faz, voce existe ate agora, porque ele é misericordioso, e tem compaixao de voce, aproveite e se retrate com ele pois ainda é tempo, o fato de voce estar ainda como gay, é porque no teu coraçao voce nunca quis deixar.lembre-se de que de Deus não se zomba. aproveite a oportunidade e se arrependa…

Lanna desistiu de lutar contra os seus desejos e sentimentos e fundou uma igreja que ela chama de inclusiva, e não de “gays”. Trata-se da Comunidade Cidade de Refúgio, inaugurada em junho em um bairro central de São Paulo. Lá a pregação é bem diferente daquelas que Lanna fazia quando era membro da Assembleia de Deus. Ele fala de libertação para prostitutas, drogados, alcoólatras, mas não para os homossexuais: “Com uma prostituta, alcoólatra ou drogado, iremos acolhê-lo, mas vamos tentar ajudá-lo a mudar a sua conduta de vida. Com o homossexual, entendemos que não é uma opção, mas sim uma orientação, que, na maioria dos casos, é irreversível, principalmente se for de nascença.

“Homossexualidade na Bíblia é pecado, pode tentar, forçar, mas é pecado”a Bíblia fala de salvação e de condenação, de amor, misericórdia, mas também de justiça e juízo: “Homossexualidade na Bíblia é pecado, pode tentar, forçar, mas é pecado”. A respeito da afirmação de que se nasce homossexual, Malafaia fala como psicólogo clínico, uma de suas formações: “Não existe ordem cromossômica homossexual. O cromossomo de um homem hetero é igual ao de um homem homossexual, assim como o cromossomo da mulher hetero é como o da mulher homossexual. Homossexualidade é preferência, aprendida ou imposta, é comportamental”. O pastor reconhece, porém, que é necessário que as igrejas tenham uma atenção especial com os homossexuais. “Tem que ajudar, amar e integrá-lo. Muita gente não entende isso. No entanto, se quer ser membro, tem de se submeter às regras. Há salvação para o homossexual, bandido e até para os que se acham politicamente correto. Mas se não aceitar a Cristo, não será transformado, não será perdoado e vai para o inferno. Isso vale para mim e para qualquer um”,

terça-feira, 13 de dezembro de 2011

30º Congresso Internacional de Missões já tem data marcada

O 30º Congresso Internacional de Missões dos Gideões Missionários da Última Hora, já tem data marcada, será realizado nos 21 de Abril a 1 de Maio de 2012. O evento será realizado no ginásio Ginásio Irineu Bornhausen e também no Pavilhão dos Gideões. Para futuras informações, visite a página do evento.
Sex, 23 de Setembro de 2011 14:44

E você que está a procura de informações sobre onde se hospedar durante o congresso e caravanas disponíveis em sua região para ir ao congresso, visite nossa página sobre hospedagem e caravanas.Hoje, Cesino Bernardino, pastor presidente e fundador dos Gideões Missionários da Última Hora, completa 77 anos de idade. Proveniente de família humilde é conhecido no Brasil como o pai das missões. Já em idade avançada, permanece no mesmo vigor físico de quando começara, pois a obra, para ele, não pode parar.

Nós, dos Gideões Missionários da Última Hora, desejamos um Feliz Aniversário àquele que temos por exemplo de amor, misericórdia, simplicidade, fidelidade e compromisso com o reino de Deus.
Pr.charlleston scarparo

quarta-feira, 7 de dezembro de 2011

Editora da Bíblia Satânica compra grande editora evangélica

Julio Severo
HarperCollins, a editora americana que publica a Bíblia Satânica, anunciou na segunda-feira, de acordo com a Associated Press, que havia “entrado num acordo definitivo” com a Editora Thomas Nelson, que publica muitas edições da Bíblia e muitos livros evangélicos nos EUA. A Bíblia Satânica é o livro oficial usado por satanistas nos EUA e no mundo. Seu autor, Anton LaVey, supremo sacerdote da Igreja de Satanás, morreu louco.
No Brasil, a Thomas Nelson trabalha em parceria com a Ediouro, que publica livros com forte conteúdo de misticismo (Poder da Magia Negra, O Livro de Outro das Ciências Ocultas, Magia Egípcia, Cabala: o Mistério Dos Casais, Mistérios do Espiritismo, Ritual da Umbanda, Poder do Candomblé, Noções Fundamentais do Espiritismo, O Livro de Ouro Dos Deuses e Deusas, Evangelho Na Umbanda, Pontos Cantados e Riscados de Umbanda e Candomblé) e até pornografia (Coleção Erótica, Desperte a Deusa do Sexo que Existe em Você, As 100 Melhores Histórias Eróticas da Literatura Universal) e apologia ao homossexualismo (A Invenção da Heterosexualidade).
É claro que essa parceira não tem como objetivo a edificação espiritual de ninguém. É uma parceria voltada exclusivamente para arrancar dinheiro do bolso dos consumidores.
Será que o diretor da Thomas Nelson não sabe o que Deus pensa dessas alianças?
“Não vos prendais a um jugo desigual com os infiéis; porque, que sociedade tem a justiça com a injustiça? E que comunhão tem a luz com as trevas?” (2Co 6:14 ACF)
Mas o que esperar? Na direção da Thomas Nelson do Brasil está Omar de Souza, outrora um dos homens fortes de Caio Fábio, que em 1995 ajudou a lançar a revista Vinde, que se propunha, como o próprio PT sempre fez, apresentar uma ética evangélica que nem seu fundador, Caio Fábio, nem seus jornalistas tinham. Não estou surpreso, pois, com os rumos antiéticos que cada um desses evangélicos esquerdistas acabou tomando.Não estou surpreso também com o fato de que a Thomas Nelson esteja sendo comprada pela editora secular que publica a Bíblia Satânica. Depois da parceria com a Ediouro, o que esperar? Boas intenções? Nobres sentimentos cristãos?
Para alcançar os compradores de livros evangélicos, vale agora qualquer coisa, inclusive aliar-se a Satanás.
A Thomas Nelson não é a primeira conquista evangélica de HarperCollins, que anos atrás comprou a maior editora evangélica dos EUA, a Zondervan, que publica a Bíblia NVI em inglês.
Durante alguns anos, Zondervan foi dona da Editora Vida, que com o peso de investimento econômico da Zondervan se tornou a maior editora evangélica do Brasil. Estranho então a maior editora evangélica do Brasil ser propriedade da editora que publica a Bíblia Satânica, não é? Denunciei esse “jugo ultra-desigual” na época, e em poucos meses decidiram vender a Editora Vida a um comprador argentino, e desde então a Editora Vida vem caindo de sua posição proeminente. Parece que o dinheiro das trevas tem o poder de ajudar até editoras “evangélicas” a alcançar posições elevadas. Se depender desse dinheiro, a Thomas Nelson será no Brasil o que um dia foi a Editora Vida.
Na época em que a Editora Vida era propriedade da HarperCollins através da Zondervan, tentei conversar com o Pr. Eude Martins, diretor da Editora Vida, sobre os perigosos rumos de sua editora. Mas do alto de seu imponente trono, ele não deu atenção. Nesta semana (1 de novembro), telefonei para a Thomas Nelson, tentando falar com Omar de Souza, mas sua secretária me respondeu que ele estava ocupado. Fui encaminhado para a assessoria de imprensa, que não tinha nenhuma nota oficial sobre a editora da Bíblia Satânica comprando a editora evangélica.
A revista Charisma disse que HarperCollins comprou a Thomas Nelson por uma “quantia que não foi divulgada”. É certo que foi um preço muito grande.
Mas o preço diante de Deus será muito maior, pois não existe parceria entre Deus, Mamon e Satanás.
Zondervan e Thomas Nelson nas mãos de uma editora secular que publica livros satânicos é um sinal inegável de quão distantes de Deus andam as editoras evangélicas, que estão sendo movidas pela ganância e oportunismo. Honram a Deus com alguns de seus livros, mas o coração delas está longe de Deus.
Fonte: www.juliosevero.com
adaptação Pr.Charlleston Scarparo

domingo, 4 de dezembro de 2011

"PROJETANDO 2012"charleston scarparo homem o qual Deus tem usado em Curas e Milagres


Pastor charleston scarparo 2012O Projetando 2012

está chegando e este ano, antecipadamente, a liderança igreja de Cristo em s.fé no estado do Tocantins tendo como lider espiritual o reverendo pastor Geova Dourado e sua ഖുഎരിട esposa pastora Cristhiane "PROJETANDO 2012" não será só o tema do Projetando 2012 como também o tema que vai mudar e impactar avida dos moradores daquela Cindade afirma o pastor Geova para este ano foi convidado o Pr.e conferencista Charleston Scarparo um Goiano que foi criado durante uma boa parte de sua vida no estado do Para (Sul do Para )E ATUALMENTE ESTA PASSANDO UMA TEMPORADA EM BRASILIA
o evento deste ano tem um grande obgetivo ganhar almas para o Reino de Deus mesmo diante das dificuldades que a cidade passa esperamos depis desse evento Deus mudara a historia de muitos e assim poderemos começar um ano cheio de esperança
nesta oportunidade estaremos agradecendo a Deus pelo ano de 2011 pelas benças,saude,sorrisos,lagrimas,vitoria,e ate mesmo as provas passadas entraremos o ano firme com Cristo afirma a esposa do pastor a pastora Cristiane
"O Senhor nos preparou durante o ano de 2011. Preparou a terra, plantou as sementes e agora vamos colher. 2012 será um ano de muitos desafios. Construção de uma Vida Feliz e a ampliação de uma vida espiritual".

A música que acompanhará as ministração dos dias de propósito será ainda escolhida mas podemos confirmar ja a presença de Jesus o Pai Filho e espirito santo alem disso vai ministrar o pastor charleston scarparo homem o queal Deus tem usado em Curas e Milagres
o evento acontece nos dias 08,09 de Dezembro na cidade de S.Fé do Tocantins na Igreja de Cristo esperamos vc

"PROJETANDO 2012"charleston scarparo homem o qual Deus tem usado em Curas e Milagres

pastor José de Arimatéia da Silva Bastos, de 45 anos, foi morto com cinco disparos por volta das 19h30, no quintal da residência dele,


arimatéia é executado no próprio quintal e população ocupa a BR-316 para pedir justiça
O assassinato do pastor e líder comunitário de uma ocupação localizada às margens da rodovia BR-316 revoltou os moradores do local, que interditaram a pista por pelo menos duas horas, na noite de ontem. Houve agressão aos policiais e tumulto nas negociações, que ainda não tinham dado resultado até a meia-noite. O pastor José de Arimatéia da Silva Bastos, de 45 anos, foi morto com cinco disparos por volta das 19h30, no quintal da residência dele, localizada na altura do km 19 da BR-316, no município de Marituba.



Segundo as primeiras informações policiais, o crime foi motivado por disputas de terra. Uma hora e meia após o assassinato do pastor Arimatéria - como era conhecido -, os moradores da 'Invasão do Canaã' ocuparam a BR-136 no sentido Marituba-Benevides e atearam fogo em pneus e outros objetos. Até aquele momento, o número de manifestantes não era grande e policiais militares começaram a conversar com o grupo, parar liberar o tráfego. Entretanto, dois policiais rodoviários federais entraram na pista com armas em punho, expulsando os manifestantes, e um deles chegou a efetuar um disparo para o chão. O grupo correu para a margem da rodovia e começou a atirar paus e pedras nos policiais militares e rodoviários, que correram e ficaram cerca de 150 metros afastados. Centenas de pessoas se juntaram ao grupo e continuaram o protesto, gritando a palavra justiça.


Carros que iam para Benevides conseguiram continuar viagem ao entrar pelo retorno e trafegar em uma faixa da contramão, mas não puderam mais fazer isso quando, meia hora depois, o outro lado da pista (Benevides-Marituba) também foi fechado pelos manifestantes. Após mais alguns minutos, já eram cinco pontos da rodovia fechados, em ambos os sentidos, impedindo que os carros se movimentassem em qualquer direção.
Um dos pontos foi fechado com duas árvores que os manifestantes derrubaram do canteiro central e atearam fogo. Eles ameaçam atirar pedras em qualquer veículo que tentasse furar o bloqueio.



Apenas ambulâncias tiveram autorização para passar. Somente às 23 horas os manifestantes liberaram uma faixa da pista sentido Marituba-Benevides. Segundo eles, a faixa seria liberada durante uma hora e, depois disso, no sentido oposto, os carros também poderiam passar durante uma hora, usando apenas uma faixa. Segundo eles, isso seria feito até que as negociações fossem favoráveis às suas reivindicações.


Os moradores da 'Invasão do Canaã' afirmaram que a morte do pastor tem ligação com a disputa pela terra em que está instalada a ocupação, já que era ele quem lutava pelos direitos dos ocupantes. Segundo eles, o local foi invadido há quase quatro anos e trata-se de uma terra devoluta, ou seja, é uma propriedade pública que não pertence a um dono em particular. Entretanto, apesar disso, as terras (que somariam 910 hectares) foram leiloadas pela Justiça do Trabalho e um empresário (dono de uma grande construtora do Estado) arrematou por R$ 3 milhões. 'É uma terra que vale R$ 54 milhões no mercado, o que mostra claramente que o leilão foi fraudulento, ilegal. A terra é devoluta, e foi a leilão mesmo com três mil famílias morando todos esses anos aqui', disse o pedreiro Edicley Miranda Farias, morador da invasão.


Vítima sofria inúmeras ameaças de morte


Segundo Edicley, que também faz parte da liderança, o pastor Arimatéia vinha sofrendo ameaças de morte e a Justiça tinha conhecimento disso. 'Ele fazia tudo que podia para melhorar a comunidade. E não só ele estava sendo ameaçado. Eu e outras lideranças sofremos ameaças também. Eles (empresários) querem que a gente deixe as terras, mas iremos lutar ou morrer. Ninguém sairá das suas casas', afirmou.


De acordo com Edicley, a liderança comunitária entrou em contato com os empresários e ofereceu o pagamento parcelado dos terrenos. 'Nós ocupamos pouco menos de 20 hectares da terra. Nossa proposta era que cada família passaria vários anos pagando seus terrenos, e no total somaria R$ 4 milhões, mas eles não aceitaram', afirmou.


A mãe do pastor, Elzira da Silva Bastos, disse que há três semanas ela falou com o filho ao telefone e ele a informou sobre as ameaças. 'Ele disse ‘mãe, me ajuda a rezar, porque estou sendo ameaçado de morte’. Eu fiquei tão nervosa que não consegui perguntar por quem, ou o motivo', relatou. Elzira também obteve a informação de que, no sábado, um homem procurou o pastor Arimatéia e ofereceu uma grande quantidade em dinheiro para que ele parasse sua luta junto à comunidade.
Edicley confirmou. 'Ofereceram R$ 500 mil, mas ele disse que só pararia de lutar se estivesse morto. E foi o que fizeram, mandaram matá-lo e ainda reviraram a casa, levando documentos importantes do processo'.


Com medo de morrer, testemunha do crime prefere o silêncio


Por conta do tumulto na rodovia BR-316, a Ronda Tática Metropolitana (Rotam) foi chamada ao local, mas até meia-noite ainda não tinha entrado em ação. O capitão Barros, subcomandante da 18ª Zona de Policiamento (Zpol), conversou com um grupo de manifestantes, pedindo cautela e bom senso. 'Vamos montar uma comissão, e na próxima semana iremos nos reunir com algum representante do governo, para que a situação das terras seja revista e analisada. O que não podemos é prejudicar ainda mais as pessoas que estão tentando chegar em suas casas', afirmou. Entretanto, os manifestantes queriam a presença de alguém do governo estadual no local. Até meia-noite, o impasse continuava.


O crime - O pastor Arimatéira (que também trabalhava com animação de festas, onde era o palhaço Tio Chiclete) estava em sua casa conversando com um morador da invasão. A casa do pastor, de madeira, fica localizada às margens da BR-316, ao lado da entrada da ocupação Canaã. Por volta das 19h30, dois homens entraram no local, pegaram o pastor e o levaram para o quintal, onde ele foi executado.


Segundo informações não confirmadas, os homens ainda entraram na casa e roubaram vários documentos, além da moto da vítima. O rapaz que estava com o pastor não quis falar nada sobre o que viu. 'Eu não queria ter presenciado, e eu não vou falar nada porque se eu falar depois eles virão me matar', disse, aparentando muito nervosismo. Ele foi encaminhado para a Seccional Urbana de Marituba, onde seria ouvido.


A esposa do líder comunitário, que não teve seu nome divulgado, contou à polícia que, anteontem pela manhã, um homem foi até a casa do pastor e perguntou se ainda existia algum terreno para vender na ocupação Canaã. O pastor disse que não, mas a esposa estranhou o comportamento do rapaz, que parecia observar o interior da residência e também a área próxima. Policiais da Divisão de Homicídios foram até o local e colheram informações que possam contribuir nas investigações.

O pastor José de Arimatéia da Silva Bastos foi assassinado com 6 tiros na cabeça na última quinta-feira, dia 6 e foi enterrado sob protestos das pessoas do acampamento Canaã, no Pará, em que liderava.

O corpo do pastor foi levado para Ananindeua, no Cemitério Recanto da Saudade, cerca de 15 Km do acampamento que fica na BR 316, do Km 19 e onde vivem aproximadamente quatro mil pessoas.

Durante a caminhada, que duraram seis horas, os moradores do acampamento cantaram o Hino Nacional e levaram um cartaz que dizia: “Não queremos guerra, queremos terra”.

Conhecidos do pastor acompanharam o percurso num carro de som e protestaram contra sua morte exaltando a liderança de Arimatéia. Um dos protestantes anunciou que o nome do acampamento passaria a ser chamado de ‘Acampamento José de Arimatéia’.

Os familiares do pastor ficaram inconsoláveis e revoltados. “Quem fez isso vai pagar, o sangue dele não foi derramado em vão, ele lutou muito por esses políticos e candidatos e nenhum apareceu para dar as condolências”, afirmou Elvira da Silva Bastos, mãe do Pastor. A filha do pastor, Caroline Costa Barros disse que a polícia não tinha informações de quem poderia ser o assassino ou do lugar onde poderia estar, mas falou que tinha certeza que a razão do crime era terra. “Um rapaz ofereceu R$ 500 mil para ele sair (do assentamento) e convencer as pessoas também a saírem”.

De acordo com informações repassadas ao Diário do Pará, Arimatéia foi abordado por dois homens na casa de um vizinho, onde ele estava jogando no computador. O pastor teria pedido para que fosse levado para fora da casa porque não queria ser morto lá dentro. E lá fora os assassinos o mataram. O vizinho não foi morto.

Reporter Charlleston scarparo


Há alguns anos o meio evangélico têm se contaminado com uma perniciosa doutrina.


Há alguns anos o meio evangélico têm se contaminado com uma perniciosa doutrina. Este ensino diz que: “apesar de você ter Jesus como o seu Salvador, e ser salvo, é possível que existam maldições hereditárias, ou seja, maldições por causa dos pecados de algum antepassado que não tenham sido perdoados, e que conseqüentemente, ainda recaem sobre a sua vida”. Então, com esta doutrina se conclui que “por isso, você não é abençoado, não prosperá, e por causa disso você tem doenças e males que não consegue se livrar, apesar de ser salvo”. Usam como base bíblica, geralmente, a passagem em que Deus declara que

“visito a iniqüidade dos pais nos filhos até à terceira e quarta geração daqueles que me aborrecem” (Êx 20:5).

A Bíblia mal interpretada é a mãe das heresias! Esta ameaça pronunciada por Deus se refere aos que não eram salvos, e permaneciam na idolatria, desprezando ao único Deus vivo e verdadeiro. O Senhor não está declarando que apesar de convertidos Ele ainda assim persistirá em amaldiçoar por causa dos pecados dos pais! A maldição é para aqueles que aborrecem ao Senhor, e não sobre os que o amam; porque sobre os que amam o Senhor, a misericórdia perdurará até mil gerações! (Keil & Delitzsch, Biblical Commentary on the Old Testament, pp. 117-118).

É verdade que alguns textos nas Escrituras declaram que o pecado dos pais têm influência sobre a vida dos seus filhos (Lv 26:39; Is 55:7; Jr 16:11; Dn 9:16; Am 7:17). Mas, isto deve ser bem entendido, pois não é uma referência à maldição hereditária, mas à persistência dos filhos de não abandonar os pecados dos pais. Sendo fiéis ao contexto histórico de toda a narrativa, perceberemos que estas passagens são exortações ao arrependimento, porque a punição era por pecados que tiveram origem nos pais, ou antepassados mais remotos, mas eram pecados ainda perpetuados e praticados por eles mesmos. Nisto percebemos que o cultivo duma cultura familiar corrompida por vícios, idolatria e imoralidades, pecados que são cometidos em família, ensinados pelos pais aos filhos trará a ausência das bençãos pactuais de Deus, mas, cada um será responsável por si, e enquanto não houver verdadeiro arrependimento não haverá transformação.

Desde o Antigo Testamento esta idéia se fazia presente no meio do povo de Israel. O profeta Ezequiel denuncia o pecado do povo por acreditar

“que tendes vós, vós que, acerca da terra de Israel, proferis este provérbio, dizendo: os pais comeram uvas verdes, e os dentes dos filhos é que se embotaram?” (Ez 18:2).

Entretanto, após a repreensão segue a intrução do Senhor dizendo:

“tão certo como eu vivo, diz o SENHOR Deus, jamais direis este provérbio em Israel. Eis que todas as almas são minhas; como a alma do pai, também a alma do filho é minha; a alma que pecar, essa morrerá (Ez 18:3-4).

A argumentação do profeta continua em todo o contexto posterior, deixando bem claro que cada um é responsável pelos seus próprios pecados, e não será o filho punido por causa do pai, nem o pai por causa do filho (versos 5-22).
Os discípulos de Cristo necessitaram ser corrigidos deste erro. Numa certa ocasião encontraram um jovem cego de nascença, e questionaram:

“mestre, quem pecou, este ou seus pais, para que nascesse cego?” (Jo 9:2).

A redundante resposta de Jesus fechou o assunto, ao dizer que:

“nem ele pecou, nem os seus pais; mas foi para que se manifestem nele as obras de Deus” João 9.3

Os males físicos e temporais são instrumentos da providência de Deus, para que a Sua glória se manifeste no meio do Seu povo escolhido, e assim, a Sua vontade se torne conhecida (Jo:9:35-39; Rm 8:28).
Quando os verdadeiros crentes caem em pecado, mesmo pecados graves e escandalosos, eles não são abandonados por Deus. Deus nunca desiste deles (Rm 8:31-39). Como um Pai restaura os seus filhos, os disciplina

“porque o Senhor corrige a quem ama e açoita a todo filho a quem recebe. É para disciplina que perseverais (Deus vos trata como filhos); pois que filho há que o pai não corrige? Mas, se estais sem correção, de que todos se têm tornado participantes, logo, sois bastardos e não filhos”(Hb 12:6, ARA).

O apóstolo Paulo afirma esta mesma verdade dizendo que

“quando, porém, somos julgados pelo Senhor, estamos sendo disciplinados para que não sejamos condenados com o mundo” (1 Co 11:32).

É possível cair em pecado, mas é impossível cair da graça de Deus. O teólogo inglês J.I. Packer declara que

“às vezes, os regenerados apostatam e caem em grave pecado. Mas nisto eles agem fora de seu caráter, violentam sua própria nova natureza e fazem-se profundamente miseráveis, até que finalmente buscam e encontram sua restauração à vida de retidão. Ao rever sua falta, ela lhes parece ter sido loucura.”[Teologia Concisa, p. 224].

O pecado é corrigido individualmente.
Como individualmente pecamos, também somos chamados ao arrependimento! Não posso me arrepender por outra pessoa; entretanto, devo interceder por ela, se ela estiver viva. Não é possível pedir perdão pelos pecados dos meus filhos, nem irmãos, pais, avós ou qualquer outro antepassado. Pecado é confessado, e somente é perdoado pessoalmente. A Bíblia diz que as bençãos da Aliança acompanharão os nossos filhos, pois eles são filhos da promessa.


Se você é filho de Deus, você é co-herdeiro com Cristo Jesus do amor de Deus (Rm 8:16-17), e esta é uma promessa para os seus filhos (At 2:39). Mas a Palavra de Deus não ensina que os nossos pecados serão cobrados dos nossos descendentes. Deus haveria de puní-los por uma irresponsabilidade nossa? A doutrina da maldição hereditária nega tanto a suficiência de Cristo, em perdoar graciosamente os nossos pecados, como a fidelidade de Deus em cumprir as Suas promessas.

Pastor charleston scarparo